Thursday, November 13, 2008

O projecto, a banda, a personagem...





Chauffeur Navarrus nasceu em 2005.

"(...)o palco do Chauffeur, cenário e adereços, encontra-se nas suas viagens, nos seus clientes."A ideia inicial era criar uma história à volta deste projecto... Assim nasceu Chauffeur Navarrus que "atento a tudo o que o rodeia e que interage com ele, assume paralelamente a função de motorista profissional e o prazer de coleccionador de histórias do alheio..." Histórias que acaba por as contar depois, sentado ao volante* do seu velho táxi(...)"






Chauffeur Navarrus assenta inevitavelmente no pop-blues cantado em português, com influências de Jazz. www.myspace.com/cnavarrus

CN tem registos, diversas gravações realizadas em 2005 e em 2008. Design assegurado e video-clip do tema A12 Corte de Cabelo concluído em 2010.

Desde 2006 - CN - apresentou-se um pouco por todo o país, tendo realizado mais de 80 apresentações ao vivo, de onde se destacam alguns concertos como: Café-Concerto no Teatro Maria Matos em Lisboa; Casa da Cultura Malaposta; Feira de São Mateus em Viseu, Casino da Figueira da Foz, Casino do Estoril, Casino de Lisboa na primeira parte de David Fonseca, Latada de Coimbra na primeira parte de Irmãos Verdades, Festival Internacional de Teatro de Almada, Maus Hábitos no Porto, Centro de Artes de Ovar, Fiartil entre outros e diversas participações na SIC, RTP, Rádio Clube Português, Antena 1, Rádio No Cabo (Brasil), Rádio Macau (Macau).

Reunimos neste projecto textos, letras e músicas que fui criando ao longo de vários anos, com arranjos de António Neves da Silva que assumiu a direcção musical de CN, sendo também co-autor de muitos dos temas que integram o repertório da banda.

Por fim, importa referir que ao longo das suas viagens a personagem Chauffeur Navarrus ganhou vida com a colaboração e o talento de vários artistas para os quais fica o meu sincero agradecimento: António Neves da Silva, Sónia Castro, Carla Galvão, Sara Belo, Rita Cruz, Paleka, Vitor Costa, Luis Bento, Guilha Marinho, Paulinho Luz, João Coutinho, Jumbinho, Nelo Paiva, Guida Costa, e até porque todos, cada um à sua maneira, deram um valioso contributo muito além da execução musical, sugerindo, partilhando e implementando ideias que enriqueceram muito esta experiência.

Obrigado a todos,
João Navarro Figueiredo